Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 54 anos de tradição.
 
Córrego Tenente Rocha, em Vila Bianca, recebe ações de limpeza e desassoreamento
 
Fotos: AGZN
Obras de desassoreamento são realizadas
no Córrego Tenente Rocha




Limpeza manual das margens e poda de árvores
estão previstas para a próxima semana
Moradores do bairro Vila Bianca e das residências localizadas na área da Prefeitura da Aeronáutica voltaram a sofrer com o transbordamento do Córrego Tenente Rocha nos últimos anos. Embora tenha sido despoluído pelo programa Córrego Limpo da Sabesp, o córrego encontrava-se assoreado devido ao descarte irregular de detritos que infelizmente continuou a acontecer.

Nas últimas duas semanas, a Prefeitura Regional de Santana/ Tucuruvi iniciou o tra­balho de desassoreamento do cór­rego, atendendo a demanda dos moradores. “Iniciamos o trabalho dentro da Prefeitura da Ae­ronáutica, retiramos bastante material acumulado, aprofundamos a calha. Agora já estamos na parte da Vila Bianca”.


Segundo a prefeitura regional, o trabalho deve ser concluí­do na próxima semana. Além do desassoreamento, será feita a limpeza nas margens manualmente, assim como poda das árvores do entorno. “Felizmente na última chuva forte não houve enchente”, afirma Rose. A solicitação foi feita diretamente por moradores da Prefeitura da Aeronáutica e pela Associação dos Moradores da Vila Bianca. “Enquanto estivermos na Prefeitura Regional, cuidaremos para fazer a manutenção desse trabalho”. De acordo com moradores, essa limpeza já não era realizada há muito tempo, provocando a volta das enchentes.


O Córrego Tenente Rocha foi um dos locais atendidos pela versão anterior do Programa Córrego Limpo criado em 2007 pelo Governo do Estado de São Paulo. Até 2012 atuou em conjunto com a prefeitura despoluindo 140 córregos na Capital. No último dia 3/4, representantes da Prefeitura e do Estado anunciaram sua retomada, através da assinatura de um Termo de Cooperação. O principal objetivo do programa Córrego Limpo é a melhoria da qualidade da água dos córregos de São Paulo e a sua contínua manutenção e zeladoria quanto à despoluição, impedindo o lançamento de esgotos, do lixo e da carga difusa em seus leitos, por meio de ações técnicas e operacionais.


De acordo com a Unidade de Negócios Norte da Sabesp, o programa Córrego Limpo está em fase de planejamento para a definição dos próximos córregos a serem despoluí­dos para uma boa qualidade ambiental. 

Desde sua criação em 2007, o Programa Córrego Limpo já despoluiu 149 córregos, numa área de aproximadamente 200 km². De acordo com a Sabesp, foram investidos R$ 220 milhões, e a vazão de esgoto retirada dos córregos atingiu 1.500 litros por segundo. O objetivo do programa é melhorar a qualidade de água dos mananciais, rios e córregos, através de adequações no sistema de esgotamento sanitário do entorno dos córregos, trabalhos de manutenção e educação ambiental.

“A grande novidade dessa nova etapa do programa é a garantia de que o Córrego Limpo terá continuidade. Criamos uma cláusula de obrigatoriedade de adesão, ou seja, Sabesp e Prefeitura assumem um compromisso de manter ao longo do tempo suas respectivas tarefas. Isso demonstra o nosso propósito de zelar pela qualidade da água desses córregos, que influem tanto na vida das pessoas”, afirmou o governador Geraldo Alckmin em evento que marcou a assinatura do Termo de Cooperação entre Prefeitura e Estado para a retomada do programa. Também compareceram o vice-prefeito Bruno Covas e o presidente da Sabesp, Jerson Kelman.


Para o presidente da Sabesp, Jerson Kelman, “esta é mais uma parceria da Sabesp com a nova gestão da Prefeitura de São Paulo que vai contribuir para que a população seja beneficiada com o trabalho conjunto. O Programa Córrego Limpo é fundamental para a despoluição dos nossos rios, inclusive do Pinheiros e do Tietê”.


“O Programa Córrego Lim­po é mais uma união de forças entre Governo do Estado, Prefeitura e Sabesp em prol da população de São Paulo”, afirma o Vice-Prefeito e Secretário de Prefeituras Regionais, Bruno Covas.


Nesse caso, é de responsabilidade da Sabesp mapear, inspecionar e realizar a manutenção de redes coletoras, executar obras de remanejamento, ligações, interligações e prolongamento de redes coletoras, monitoramento da qualidade da água e conscientização da população local.


As Prefeituras Regionais são responsáveis pela limpeza do leito e das margens dos córregos (corte de mato, retirada de entulho etc.), manutenção de galerias de águas pluviais (GAP) e bocas de lobo, verificar possíveis ligações irregulares nas GAPs, contenção de margens, fiscalização de imóveis que não estejam conectados às redes coletoras e reurbanização de fundos de vale para permitir a implantação da infraestrutura de esgotamento.


Córregos recuperados

Além do Córrego Tenente Rocha, o Mandaqui também foi recuperado. Segundo dados da Sabesp, foi realizada varredura em 440 km de redes coletoras de esgoto para identificar reparos e melhorias e detectar lançamentos clandestinos, instalou 10 km de tubulações para coleta e afastamento de esgoto e executou 455 novas ligações domiciliares. O investimento realizado pela companhia foi de R$ 18 milhões. Mais de 40 km de cursos d’água foram limpos – 7,5 km do próprio Mandaqui e mais 33 km de seus afluentes.


Novas intervenções

Os córregos Uberaba e Casa Verde podem ser os próximos a serem incluídos no programa. As Prefeituras Regionais também farão intervenções em outros 22 córregos recuperados que sofreram invasões em suas margens.

 
Voltar

Veja a capa da edição:

Capa da Edição

Um bom jornal é você quem faz!

500 mil leitores

As melhores ofertas
estão nesta edição
classimoveis

COMUNICADO
Excepcionalmente a próxima edição de AGZN será distribuída no dia
28 de abril (sexta-feira).
Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919



É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2017 ©.