Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 54 anos de tradição.
 
Jaçanã/Tremembé: Ocupar espaços públicos com jardinagem é
alternativa para evitar pontos viciados de lixo
 
Foto: AGZN
Rua Flávia, por onde passa o Córrego Maria Paula era antigo
ponto viciado de descarte irregular

Ocupar espaços públicos com trabalhos de jardinagem e material reciclado tem se mostrado uma alternativa viável e eficaz no combate aos pontos viciados de lixo. A ideia partiu do coordenador da Inova, Jaime Silva e ganhou o apoio do prefeito regional de Jaçanã/Tremembé, Alexandre Pires. O primeiro local a receber a iniciativa foi a Rua Antonio Nascente, na Vila Nova Galvão, onde o projeto foi implantado no último dia 19/4.

Desde então, o local que era frequente ponto de descarte irregular de lixo e entulho se mantém limpo. Além desse local, outros pontos viciados foram transformados em jardins como a esquina da Rua Ari da Rocha Miranda com Rua Mario Lago, próximo ao CEU Jaçanã e na Rua Flávia, por onde passa o Córrego Maria Paula, na Avenida Maria Amália Lopes de Azevedo, nas proximidades da garagem da empresa de ônibus Sambaiba e na esquina da Rua Manoel Vieira da Luz com Rua José Fonseca Cavalcante. Nesse último, está a Escola Estadual Prof. João Baptista Alves da Silva. Segundo uma das professoras, Claudia Ro­drigues, a iniciativa foi muito boa para o local. “Além do lixo, muita gente descartava gato ou cachorro morto. Uma coisa absurda. Agora está bem melhor”, afirmou a professora.


Para a implantação dos jardins em locais de pontos viciados de lixo foram utilizados pneus descartados pintados de branco, cercas de madeira, também feitas de material descartado e jardinagem com plantas, geralmente encontradas no próprio local. Para tornar os espaços mais aconchegantes, foram colocados também bancos de cimento e madeira.


De acordo com o prefeito regional de Jaçanã/Tremembé, essa foi a melhor alternativa encontrada da região. “Nós detectamos o ponto viciado, efetuamos a limpeza e fizemos o plantio com plantas disponíveis no próprio local”. Além disso, os pontos são decorados com material reciclado como pneus pintados e bancos de madeira ou cimento. “A população está colaborando. Já tem uns 15 dias que o primeiro espaço recebeu a jardinagem e os moradores estão fiscalizando, automaticamente. Os que fazem o descarte irregular também estão colaborando”.


Nas próximas semanas, outros locais devem receber a iniciativa. Além desse projeto, o combate ao descarte irregular de entulho na região terá os serviços do Ecoponto Móvel, que será inaugurado no próximo dia 22. Inicialmente, o Ecoponto Móvel permanecerá em frente à Prefeitura Regional de Jaçanã/Tremembé por cinco dias das 8 às 13 horas. “Teremos um canal de comunicação que informará locais do Ecoponto Móvel e também da programação do Cata-Bagulho”, afirmou o prefeito regional. Essa será uma alternativa para a região que não possui Ecoponto fixo. “Nós daremos uma opção para os moradores descartarem o entulho e informando sobre onde passará o caminhão do Cata-Bagulho, além de fiscalizar os pontos irregulares, para estarmos punindo e inibindo os infratores. Isso é crime ambiental e estaremos fiscalizando esses pontos”, afirmou o prefeito regional de Jaçanã/Tremembé, Alexandre Pires.
 
 
Voltar

Veja a capa da edição:

Capa da Edição

Um bom jornal é você quem faz!

500 mil leitores

As melhores ofertas
estão nesta edição
classimoveis

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919



É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2017 ©.