Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 54 anos de tradição.
 
Dia das Crianças deve render crescimento de 3% no comércio de SP
 
Foto: AGZN
Tributos cobrados nos presentes procurados para o Dia das Crianças
acabaram tornando alguns produtos mais caros, em comparação com 2016



Com o Dia das Crianças se aproximando, as pesquisas do comércio varejista de São Paulo estimam crescimento nas vendas, em relação à mesma data no ano passado. Junto com o aumento das vendas, os órgãos de pesquisa do comércio também indicam uma possível preferência dos consumidores aos produtos de menos custo e possíveis de serem pagos à vista.

A Associação Co­mercial de São Paulo (ACSP) mostra que a tributação sobre os itens mais procurados nessa data, como videogames, patins/patinetes/skate, bicicletas, é alta e o consumidor acaba não observando o peso desses impostos no valor final do produto. Mesmo com a alta carga tributária, a ACSP prevê um crescimento de 3% nas vendas da primeira quinzena de outubro.


Entre os itens também muito procurados como presentes, mas de custo menor, estão os brinquedos, roupas e calçados. Segundo levantamento feito pela FecomercioSP, a partir de dados do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), do IBGE, entre os itens de vestuá­rio, apenas o conjunto infantil apresentou queda nos preços nos últimos 12 meses, -2,36%.


Entre as opções de atividades de recreação, o ingresso para jogos está 12,13% mais barato, enquanto que o cinema ficou 6,49% mais caro. Também no setor de entretenimento os CDs e DVDs, que apresentam recuo de 1,82% em seus preços. Os livros ficaram 4,27% mais caros.


Balanço

Mesmo com a fraca base de comparação de 2016, o movimento do varejo tem mostrado sinais concretos de recuperação. O último Balanço de Vendas da ACSP mostra que na primeira quinzena de setembro as vendas aumentaram em média 3,8% frente a igual período do ano passado. Já em agosto houve um crescimento médio de 3%.


Mês de outubro

As vendas no varejo no estado de São Paulo devem crescer 8% no mês de outubro, segundo projeção feita pela FecomercioSP. O faturamento real do mês está estimado em R$54,3 bilhões.

Entre as variáveis econômicas que indicam esse crescimento está a inflação, que até outubro de 2016, no acumulado de 12 meses, estava em 7,9%, enquanto se estima que para o décimo mês desse ano, esta variação esteja próxima a 2,5%. Essa queda nos preços permite um ganho no poder de compra das famílias.

 
Voltar

Veja a capa da edição:

Capa da Edição

Um bom jornal é você quem faz!
classimoveis

ANTECIPE SEU ANÚNCIO
Em virtude do feriado de 12/10 os
anúncios para a edição de 13/10 deverão ser antecipados para
11/10 (quarta-feira). A distribuição
será dia 13/10 (sexta-feira).
Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919



É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2017 ©.