Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 54 anos de tradição.
 
Campanha Novembro Azul promove conscientização sobre o câncer de próstata
 
Foto: Divulgação
Dr. Álvaro Dias Bosco, médico urologista do
Instituto Brasileiro de Controle do Câncer



Na área da saúde o mês de novembro é conhecido pela campanha de conscientização Novembro Azul, que alerta para uma das doenças mais comuns entre os homens acima dos 50 anos, o câncer de próstata. De acordo com informações divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC), um em cada sete homens terá a doença em algum momento da vida.

Responsável por 25% dos casos de câncer entre homens, o câncer de próstata é um tumor maligno ainda sem causa comprovada. Segundo dr. Álvaro Dias Bosco, médico urologista do IBCC, “com o envelhecimento, ocorre uma maior chance de erros genéticos durante a proliferação celular, que pode levar ao desenvolvimento do câncer”. Muitos casos também estão associados a familiares com histórico da doença.


Diagnóstico

A Sociedade Brasileira de Urologia apresenta dados que mostram que 20% dos pacientes são diagnosticados em estágios avançados da doença, fazendo com que a taxa de mortalidade pela mesma seja de 25% dos pacientes. O preconceito que envolve a realização de exame de rotina ainda é uma barreira para o diagnóstico precoce da doença.

O dr. Álvaro Dias esclarece que o diagnóstico é realizado através de biópsia da próstata. “O que leva um urologista a solicitar a biópsia são alterações no exame de sangue PSA (antígeno prostático específico), no toque retal ou mesmo na Ressonância Magnética da Próstata”. A falta de sintomas nas fases iniciais da doença reforça a importância de realizar exames de rotina, para que, se detectada, não esteja já em estágio avançado.


Tratamento

O tratamento varia de acordo com estágio em que a doença é diagnosticada. Dr. Álvaro explica que durante os casos iniciais, nos quais a doença ainda está restrita à próstata, o principal tratamento é cirúrgico (com a remoção completa da próstata e linfonodos) ou radioterápico. Já em casos mais avançados, em que outros órgãos (ossos, fígado, pulmões ou cérebro) forem atingidos, já não há mais possibilidade de cura e o tratamento consiste em controle hormonal ou quimioterapia.


Campanha Novembro Azul

De origem australiana, a campanha Novembro Azul teve início em 2003. No Brasil, as ações de conscientização são feitas desde 2008 e visam tanto uma mudança de paradigmas em relação à ida do homem ao médico, como também em relação à difusão de informações sobre o câncer de próstata.

 
Voltar

Veja a capa da edição:

Capa da Edição

Um bom jornal é você quem faz!

500 mil leitores

As melhores ofertas
estão nesta edição
classimoveis

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919



É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2017 ©.