Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 54 anos de tradição.
 
Visitantes de cemitérios da ZN encontram túmulos violados e saqueados
 
Foto: AGZN
Portões de túmulos e placas de identificação são os itens mais furtados nos cemitérios municipais


Passado o feriado do Dia de Finados (2), data em que muitos aproveitam para visitar os túmulos de familiares e amigos, as reclamações a respeito de túmulos violados e furtos de portões e placas voltam a ser feitas. Leitores da AGZN que foram ao Cemitério de Santana (Chora Menino) durante o feriado encontraram uma grande quantidade de túmulos vandalizados ou saqueados. O problema não é exclusivo deste cemitério municipal e outros grandes da Zona Norte (Cachoeirinha e Tremembé, por exemplo) também apresentam essa situação.

Em nota, a Assessoria de Imprensa da Prefeitura disse que a administração do Cemi­tério Santana (Chora Menino) registrou boletim de ocorrência dos furtos ocorridos e o Serviço Funerário do Município de São Paulo informa que todas as placas de bronze recuperadas ficam na administração do cemitério aguardando a identificação dos familiares dos sepultados para a devolução aos jazigos.

Foto: AGZN
Além dos furtos, os cemitérios são constantemente alvo de reclamações
dos munícipes, por apresentarem falta de manutenção


Para a melhoria da segurança nos cemitérios foi fechada uma parceria com a Guarda Civil Metropolitana (GCM), que tem aumentado o número de rondas periódicas em todos os cemitérios, agências, velórios e no crematório. Ainda de acordo com a nota, no primeiro semestre foram realizadas mais de 11 mil rondas nos cemitérios públicos, quase o dobro de todo o ano de 2016.


Concessão dos serviços ao setor privado

Em julho deste ano, a Prefei­tura de São Paulo anunciou edital para a concessão de 22 cemitérios municipais e 1 crematório. Entre eles estão os cemitérios da Zona Norte, Dom Bosco (Pe­rus), Freguesia do Ó, San­tana, Tremembé e Vila Nova Ca­choei­rinha. A Secretaria de Desestatização e Parcerias estima gerar com as concessões dos serviços cemiteriais cerca de R$1 bilhão em investimentos e pagamento de outorgas da ordem.

Em nota enviada à redação da AGZN, a assessoria esclarece que, de janeiro a agosto, foi investido R$1 milhão, pela Secretaria de Serviço Funerário, a fim de reverter a situação de abandono deixada pela gestão anterior do município.

 
Voltar

Veja a capa da edição:

Capa da Edição

Um bom jornal é você quem faz!

500 mil leitores

As melhores ofertas
estão nesta edição
classimoveis

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919



É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2017 ©.