Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 55 anos de tradição.
 
Grupo de fisioterapia ajuda no fortalecimento para aliviar as dores na UBS Vila Albertina
 
Foto: Divulgação
Grupo de reabilitação fazendo exercício


Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) Vila Albertina, gerenciado pela Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) Norte e o IABAS, na Zona Norte de São Paulo realiza todas as quintas-feiras um grupo de reabilitação, que recebe adultos e idosos para a prática de exercícios de fisioterapia.

No grupo, são realizados exercícios de consciência corporal, alongamento e força, “A intenção é começar a trabalhar a musculatura para que a pessoa fique mais forte, minimizando as dores, especialmente da artrose, que é a queixa mais comum”, comenta o fisioterapeuta Diogo Mariotini.

A prática dos exercícios contribui para o fortalecimento e o alongamento muscular dos usuários, e também para a ativação da musculatura.

Para fazer parte do grupo, os usuários com dores passam por uma avaliação inicial na UBS Vila Albertina. A partir da queixa principal e de outros fatores (sedentarismo, intensidade e tempo da dor etc.), é feito o encaminhamento. Caso estejam aptos, alguns dos usuários passam a frequentar o grupo de atividade física, de intensidade mais acentuada. Se tiverem mais restrições, passam primeiro pelo grupo de reabilitação.

Para cada usuário, é indicada uma quantidade de sessão específica, a depender do caso. Para a dor no joelho de Ronaldo Soares, 59, foram 10. “Deu para me sentir melhor, porque as atividades esticam bem os músculos. Melhorei bastante e aliviou as dores”, conta. Aqueles que têm boa recuperação são encaminhados para outra atividade mais intensa. “Mas a quantidade estipulada não é exata. Se o usuário continuar com dor, ele passa por uma reavaliação e pode se manter no grupo para melhorar mais”.

Artroses e tendinites são as queixas mais comuns daqueles que frequentam o grupo, além da idade, traumas, esforços repetitivos e trabalhos pesados são as principais causas dos problemas que atingem as regiões articulares. 
 
Voltar

Veja a capa da edição:

Capa da Edição

Um bom jornal é você quem faz!

500 mil leitores

As melhores ofertas estão aqui!
classimoveis

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919



É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2018 ©.