Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 56 anos de tradição.
 
Exercício físico na gravidez traz benefícios para a gestante e a prepara para a maternidade
 
Foto: Divulgação
Gravidez traz benefícios tanto pra mãe
quanto para a criança



Quem engravida e é sedentária tem um bom motivo para começar a praticar uma atividade física: o exercício na gestação previne o diabetes, o ganho excessivo de peso e aumenta a disposição, porque aumenta a serotonina, hormônio ligado ao prazer. E quem já pratica uma atividade nem pode pensar em pará-la!

Gravidez não é doença: ao contrário, é um momento de saúde plena da mulher. E, para que esse momento perdure, é imprescindível que ela pratique atividade física regularmente, durante toda a gestação. “A gestante deve consultar seu obstetra e, estando com a saúde em dia, ela pode praticar atividades a partir do primeiro ultrasson morfológico, com 12 semanas de gestação”, aconselha a dra. Mariana Rosario, ginecologista, obstetra e mastologista.

É fundamental que todas as gestantes - salvo exceções, como aquelas que têm placenta prévia, problemas osteoarticulares ou risco de parto prematuro - tenham práticas físicas constantes, para evitar-se o diabetes gestacional, o ganho de peso excessivo e aumentar-se a disposição geral. A prática de atividade física também pode prevenir contra a eclampsia, uma complicação relacionada à hipertensão arterial que pode levar à morte da gestante.

Musculação, caminhada, ioga, pilates, bicicleta, corrida, zumba e dança, entre outras atividades, estão entre as mais indicadas para as gestantes - todas elas orientadas por profissionais especializados em gestantes.

No consultório, Mariana diz que incentiva suas pacientes a procurar o prazer de cuidar do corpo na gravidez, porque presencia muitas mulheres sem estímulo de criar novos hábitos. “Vejo que há desculpas para não realizarem exercício físico na gestação, mas, este é um período em que se gasta muita energia e é necessário ter disposição para chegar à 40ª semana bem. A atividade física aumenta a serotonina e dá prazer, então, a sensação física é muito boa, só faz bem”, garante.

O ideal, segundo a médica, é que a prática seja realizada ao menos três vezes por semana, com duração de uma hora por dia. “Mais não fará mal, mas, nunca se pode esquecer do acompanhamento profissional. Com a atividade física, será muito mais fácil retomar a condição corpórea anterior à gestação após o parto”, finaliza. 
 
Voltar

Veja a capa da edição:

Capa da Edição
Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919


Cinemark

É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2019 ©.