Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 56 anos de tradição.
 
Horto Florestal e Parque da Cantareira estão nas comemorações pelo Dia do Meio Ambiente 
 
Foto: AGZN
Parque Estadual Alberto Löfgren Horto Florestal e Cantareira
são importantes unidades de conservação do Estado



Em comemoração ao dia Internacional do Meio Ambien­te, lembrado oficialmente em 5 de junho, a Secretaria de In­fraestrutura e Meio Ambiente do Estado vai liberar a entrada, no próximo sábado (8) e domingo (9), em todas as Uni­dades de Conservação da Re­gião Metropolitana de São Paulo (RMSP), em celebração à “Se­ma­na Nosso Ambiente”.

A lista dos parques pode ser consultada na internet, porém fazem parte parques urbanos como Parque Estadual Alberto Löfgren Horto Florestal e Cantareira, na Zona Norte. A data, 5 de junho, foi determinada pela Organização das Nações Uni­das (ONU) em 1972 com o objetivo de chamar a atenção sobre a importância da preservação dos recursos naturais para a manutenção da vida no planeta. Durante toda a semana, a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente, por meio da Fundação Florestal, promove uma programação voltada para a Educação Ambiental em várias unidades de conservação espalhadas pelo território paulista.

Em todo o Estado, existem mais de 150 áreas protegidas, divididas em Parques Es­taduais, Áreas de Proteção Am­biental, Estações Ecológicas, Mo­numentos Naturais, Flo­res­tas Estaduais, além de Par­ques Urbanos. Essas áreas são muito importantes por sua biodiversidade e são protegidas pelo Estado de São Paulo.

Ainda em comemoração à data, neste domingo (9), às 9 horas, acontecerá mais uma edição da Caminhada Histórica no Parque Estadual Alberto Löfgren (Horto Florestal). O evento acontece desde 2018. O trajeto inclui pontos importantes da história do Parque, como suas construções, atrativos e personagens.

Foto: Divulgação
No Horto serão expostas telas que foram pintadas
por um grupo de terceira idade
A atividade também trará informações sobre a origem do Serviço Florestal, atual Ins­tituto Florestal (IF), e suas raí­zes na Comissão Geográfica e Geológica da Província de São Paulo, que além do IF, deu origem a outras instituições, como o Instituto Geológico.

A área do Parque era o antigo Engenho Pedra Branca, que foi desapropriado em 1896 para a instalação de um horto botânico. Um dos destaques do circuito será a visita ao Museu Florestal Octávio Vecchi e a apresentação de fotos antigas, que possibilitará ao público comparar como o Parque era antigamente e como é hoje.

Como estamos na semana do Meio Ambiente, também terá destaque no Museu Florestal da exposição de pinturas em tela “Minha Árvore Favorita”. Essas telas foram pintadas por um grupo de terceira idade, cujos participantes nunca haviam realizado esse tipo de atividade. O objetivo da atividade foi conscientizar o grupo da importância das árvores para manter a qualidade de vida no planeta. E essa atividade integra o projeto do MICA - Movimento Infantojuvenil Crescendo com Arte “Sem Árvores não haverá Vida”, que também é desenvolvido por crianças e jovens das comunidades do entorno do Horto Florestal. A arte é uma forma prazerosa de fixar conceitos, valores e princípios.

A caminhada terá duração aproximadamente de duas horas e meia. A participação é totalmente gratuita e não é necessária inscrição prévia.
O Museu Florestal Octávio Vecchi está localizado na Rua do Horto, 931 - Horto Florestal. Para mais informações ligue: (11) 2231-8555 / Ramal 2053. 
 
Voltar

Veja a capa da edição:

Capa da Edição
Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919


É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2019 ©.