Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 56 anos de tradição.
 
Unidade da Casa Florescer é inaugurada no Tucuruvi
 
Foto: Divulgação
Centro de Acolhida Especial (CAE) visa expandir o atendimento
voltado para mulheres transexuais e travestis



Com foco na inclusão de gênero, a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Mu­nicipal de Assistência e De­sen­volvimento Social (SMADS) inaugurou nesta segunda-feira (4), no Tucuruvi, na Zona Norte, o Centro de Acolhida Especial (CAE) Casa Florescer II. O equipamento é voltado para o acolhimento de mulheres transexuais e travestis, com funcionamento 24 horas, para abrigar até 30 conviventes em situação de rua que tenham 18 anos ou mais.

O CAE Casa Florescer II tem como objetivo atender as demandas da população trans e estimular o processo de autonomia, assim como a reconstrução de vínculos familiares e comunitários. O equipamento visa também garantir o acesso desta comunidade aos serviços prestados pela rede socioassistencial, além de orientar sobre outros benefícios e políticas públicas.

O serviço oferecerá alimentação completa em diferentes turnos (café da manhã, almoço, lanche, jantar e ceia), higiene pessoal, acolhimento, atendimento socioeducativo e psicológico, encaminhamentos para rede socioassistencial. As conviventes poderão participar de oficinas, rodas de conversa, palestras internas e externas, festas, assembleias, filmes, passeios, construção e acompanhamento do Planejamento Individual de Atendimento.

A estrutura da Casa Flo­rescer II conta com um dormitório coletivo, cozinha com dispensa, almoxarifado, bagageiro, lavanderia, seis banheiros, sendo um com acessibilidade para pessoas com deficiência, sala de convivência, sala para atendimento individual, sala administrativa, refeitório e área externa.

Semanalmente, as conviventes participarão de encontros com psicólogos e assistentes sociais, além de receberem o apoio diário da equipe técnica. Os orientadores socioeducativos também realizarão atendimentos em grupo nos períodos diurno e noturno.

A Organização da Socieda­de Civil (OSC) responsável pela Casa Florescer II é a Coor­denação Regional das Obras de Promoção Humana (CROPH), que possui convênio com a SMADS para quase 30 serviços no município de São Paulo. Ao todo na cidade de São Paulo existem 22 CAEs, que atendem demais públicos, como mulheres, idosos e família e dispõem de 1.945 vagas.

A Casa Florescer II está localizada na Rua Capricho, 872 - Vila Nivi. 
 
Voltar

Veja a capa da edição:

Capa da Edição
Edição da semana

COMUNICADO
Em virtude do feriado de 15/11,
os anúncios para a edição do dia 15/11 deverão ser antecipados para 13/11 (quarta-feira).
Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919


É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2019 ©.