Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 56 anos de tradição.
 
Torcida Amiga, Bom-Dia*
 
1. Na noite da última segunda-feira (11) o ex-jogador do Santos, Coutinho, 75 anos, morreu após sofrer um infarto agudo no miocárdio em decorrência de diabetes e hipertensão arterial sistêmica. Coutinho foi campeão da Copa do Mundo pela Seleção Brasileira em 1962 e fez dupla de ataque com Pelé. O jogador faleceu em casa, por volta das 19h30, no litoral de São Paulo, em Santos. No início do ano, Coutinho chegou a ser internado em um hospital em Santos. Por causa da diabetes, ele já havia tido três dedos amputados, do pé esquerdo. O velório do ex-jogador ocorreu no Salão de Mármore, na Vila Belmiro. A cerimônia de sepultamento foi fechada apenas para os familiares de Coutinho. O corpo foi sepultado no início da noite desta terça-feira (12), no cemitério Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos.

2. Na tarde da última terça-feira (12) o ex-presidente do Vasco Eurico Miranda, 74 anos, morreu no Hospital Vitória, localizado na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Eurico estava lutando contra um câncer no cérebro e desde o ano passado lutava contra limitações físicas. Atualmente, ele estava no cargo de presidente do Conselho de Beneméritos do clube. O ex-presidente vascaíno deixa a esposa Sylvia, e quatro filhos Eurico Brandão, Álvaro Miranda, Mário Ângelo Miranda e Sylvia Miranda, além de oito netos.

Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Corinthians venceu o Ceará por 3 a 1 e tem vantagem
para o jogo de volta no dia 3 de abril na Arena Corinthians


3. O Corinthians foi até a Arena Castelão enfrentar o Ceará. O primeiro tempo foi equilibrado, mas havia poças d’água no gramado, e por isso, o time cearense arriscou chutes de qualquer distância, e deu pouco trabalho ao goleiro Cássio. Aos oito minutos do primeiro tempo o Timão fez seu primeiro gol com o volante Júnior Urso. Aos 20 minutos após bola levantada na área, o zagueiro Manoel dá um tranco nas costas do também zagueiro Luis Otávio, e o juiz marcou pênalti para o Ceará, que foi convertido, o volante Juninho chutou a bola no canto esquerdo, e Cássio caiu para o seu canto direito. Com o jogo empatado o Ceará tentou a virada, mas o Corinthians marcou firme e permaneceu assim até o intervalo. No segundo tempo o Ceará voltou criando chances, mas não teve sucesso. Aos 18 minutos o meia Sornoza dá um passe para o atacante Vagner Love, que bate de trivela, o jogador bateu firme e acertou o ângulo direito do goleiro Richard. Aos 26 minutos o Corinthians tem muita troca de passes, e a bola chega no lateral esquerdo Danilo Avelar, que cruza para o meia Jadson, que pega de primeira, de perna esquerda, gol do Corinthians. Final Ceará 1 x 3 Corinthians. Os clubes voltam a se enfrentar no dia 3 de abril, às 21h30, na Arena Corinthians. O Corinthians pode perder por um gol de diferença no jogo de volta para se classificar. O Ceará precisa vencer por três ou mais gols para avançar. Vitória cearense por dois gols leva a decisão para os pênaltis, os gols marcados fora de casa não são mais critério de desempate.

Paulistão 2019
4. No próximo sábado (16), às 16h30, o São Paulo enfrenta o Palmeiras no Pacaembu, o time Alviverde defende a um bom retrospecto recente em partidas contra o São Paulo. Considerando apenas os clássicos pelo Cam­peonato Paulista, o Verdão não perde para o rival desde 2009.


Serviço de Utilidade Pública - Secr. Municipal de Esportes, Lazer e Recreação, Al. Iraé, 35, V. Clementino, CEP: 04075-000, Pabx: 5088-6400, e-mail: esportes@prefeitura.sp.gov.br, Clubes da Cidade, Centros Desportivos (CDM) e Depto. de Promoções Esportivas, Lazer e Recreação; - Secr. Estadual de Esportes, Lazer e Turismo, Praça Antônio Prado, 9, Centro, CEP: 01010-904, Tel.: 3241-5822.
 
 “Torcida Amiga” é expressão criada e imortalizada, na crônica esportiva paulista, pelo jornalista Ary Silva.
Inicialmente foi utilizada em seu programa “Bola ao Ar”
na Rádio Bandeirantes e, posteriormente, na TV e jornais.

Voltar
 

Veja a capa da edição:

Capa da Edição
Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919


Cinemark

É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2019 ©.