Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 57 anos de tradição.
 
Imirim completa na próxima quarta-feira 187 anos
 
Foto: AGZN
Imirim  é o bairro que liga a região de Santana
à Vila Nova Cachoeirinha



Na próxima quarta-feira (13) de maio o bairro do Imirim completará 187 anos, o nome do bairro originou-se da junção de duas palavras tupis: “y”, que significa “rio”, e mirim, que significa “pequeno”. Portanto, “Imirim” significa “rio pequeno”, sendo uma referência ao córrego homônimo que banha o bairro.

Duas primeiras famílias se instalaram na região, em 1833, foram os Rocchi que tinham grandes fazendas que abrangiam parte das encostas da Serra da Cantareira e se estendiam até o Rio Jundiaí. Eles plantavam eucaliptos, café, cana e frutas, além de criar gado leiteiro.

Na época não havia perspectivas de desenvolvimento urbano para a região, a partir do final do século (1893) quando de uma das antigas fazendas surgiu à chamada Vila Roque.

Quando o bairro veio a se chamar Imirim a região era praticamente uma área rural, em 1905 chegaram ao bairro os padres beneditinos, Bene­dito Zeferino Rosalém e o Cons­tantino Dalbedio, sendo que este último foi o grande idealizador e construtor da Igreja de Nossa Senhora de Fátima do Imirim. No começo do século, o local era coberto por matas e alguns índios persistiam em viver pelas imediações, por esse motivo, o bairro ficou conhecido até a década de 1950 como “Terra dos Índios”, e na década de 60 e 70 chegaram os imigrantes portugueses.

A comunidade armênia veio para o bairro após crises sociais em seu país, como o genocídio armênio pelos turcos otomanos no começo do século 20. O Imirim limita-se ao norte com Vila Nova Cachoeirinha, a oeste com Casa Verde e Sítio do Mandaqui, a leste com Lauzane Paulista, Santa Terezinha e ao sul com os bairros de Santana e Chora Menino. O bairro começa aproximadamente no trecho inicial da Avenida Imirim, após o Cemitério Chora Menino e termina na mesma avenida antes do Cemitério de Vila Nova Cachoeirinha.

O bairro na sua maior parte, pertence ao distrito da Casa Verde, mas também possui territórios em Santana, Mandaqui e Cachoeirinha. 
 
Voltar

Veja a capa da edição:

Capa da Edição
Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919
Whatsapp  94861-1729






Veja as duas últimas edições
Ed. 2908 Ed. 2909

É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2020 ©.