Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 57 anos de tradição.
 
Passarela A Gazeta da Zona Norte recebe serviço de limpeza e manutenção
 
Foto: AGZN
Passarela A Gazeta da Zona Norte que está localizada
na Avenida Tiradentes, em frente à Praça Campo de Bagatelle



A passarela A Gazeta da Zona Norte, localizada na Ave­nida Tiradentes em frente à Praça Campo de Bagatelle, é o único ponto seguro para a travessia de pedestres no local, uma vez que esse trecho não possui semáforos e tem intenso fluxo de veículos. No seu entorno há dois clubes esportivos (um particular e outro municipal), um condomínio residencial e pontos de ônibus, comprovando que embora a circulação de pedestres não pareça intensa, há sempre movimentação nessa área. A homenagem que denominou: “Passarela A Gazeta da Zona Norte” foi concedida em 1988 pelo então prefeito Jânio Quadros.

Na última semana recebemos uma reclamação sobre sujeira e acúmulo de lixo, ou mesmo colchões e cobertores deixados por pessoas em situação de rua, chegando a atrapalhar a utilização da passarela pelos pedestres. A limpeza e manutenção desses locais é um dos desafios da Prefeitura, tendo em vista que muitas vezes são utilizados como abrigos por moradores em situação de rua.

Procuramos a Prefeitura para saber sobre o que está sendo feito e o que pode ser feito para evitar acúmulos na passarela. A Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (AMLURB), informou que enviou na terça-feira (29/9), uma equipe para realizar a limpeza no local citado (Passarela na Avenida Tiradentes). De acordo com a AMLURB, no endereço consta o serviço de varrição três vezes por semana, as terças, quintas e sábados, no perío­do noturno.

Para combater e evitar problemas com acúmulo de lixo nas passarelas da cidade e outros espaços públicos, a prefeitura oferece diversos serviços que recebem o material. Até 50 kg o munícipe pode descartar na coleta domiciliar, até 1m³ em um dos 105 Ecopontos e, para maiores quantidades, deve contratar uma caçamba de empresa cadastrada no município.

Foto: AGZN
Cobertores e objetos são constantemente
descartados na passarela



Vale ressaltar que a contribuição da população é fundamental para manter as ações de zeladoria na cidade. O descarte irregular de entulho em vias públicas é passível de multa no valor de até R$ 16.693,28, conforme estabelece a Lei de Limpeza Urbana, nº 13.478/02, além de ser considerado crime ambiental.

O Município disponibiliza a Central SP156 (telefone, aplicativo e site https://sp156.prefeitura.sp.gov.br), além de praças de atendimento das sub­prefeituras para denúncias de descarte irregular e informações sobre manejo correto.

Acolhimentos

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS), por meio do Serviço Especializado de Abor­dagem Social (SEAS), realiza busca ativa no Município de São Paulo. Importante frisar que a pessoa não é obrigada aceitar a oferta de acolhimento.

Ao que se refere às proximidades do Campo de Marte e Campo de Bagatelle, no mês de agosto, a equipe do SEAS Santana realizou oito abordagens as quais resultaram em orientações e encaminhamentos para Centros de Acolhida.

A equipe do SEAS continua­rá realizando monitoramento, abordagens e encaminhamentos no local. Cabe acrescentar que a população pode ajudar as pessoas em situação de rua solicitando uma abordagem social por meio da Central 156, que funciona 24 horas por dia.

 
Voltar

Veja a capa da edição:

Capa da Edição
Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919
Whatsapp  94861-1729




FAKE NEWS - FIQUE ATENTO!

 

Veja as duas últimas edições
Ed. 2929 Ed. 2930

É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2020 ©.