Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 57 anos de tradição.
 
Vacinação contra o Coronavírus pode começar em dezembro no Estado de SP
 
Foto: Governo do Estado de São Paulo
Governador João Doria anuncia acordo com o objetivo
de iniciar vacinação em dezembro deste ano


Na última quarta-feira (30/9), o governador João Doria assinou termo de compromisso com a Biofarmacêutica Sinovac Life Science, para fornecimento de 46 milhões de doses da Coronavac ao estado de São Paulo, até dezembro de 2020. Além das doses prontas, o acordo formaliza a transferência de tecnologia para a produção da vacina pelo Instituto Butantan. Além do acordo já formalizado, Doria afirmou que há um entendimento verbal entre a direção do Butantan e a Sinovac para que outras 14 milhões de doses da vacina sejam fornecidas em fevereiro de 2021.

O acordo foi assinado no Pa­lácio dos Bandeirantes pelo governador Doria, o Diretor do Ins­tituto Butantan, Dimas Covas, e o Vice-Presidente mundial da Sinovac, Weining Meng na última quarta-feira (30/9). No valor de US$ 90 milhões, o contrato também formaliza a transferência de tecnologia para produção da vacina pelo Butantan. Inicialmente, a farmacêutica vai enviar 6 milhões de doses da vacina já prontas, enquanto 40 milhões serão formuladas e envasadas em São Paulo.

Os testes já comprovaram a segurança da vacina, realizados com mais de 50 mil voluntários na China. No Brasil, os estudos acontecem desde julho e, atual­mente, estão na última fase e são acompanhados por 12 centros de pesquisa científica em cinco estados e no Distrito Federal.

Nos dois países, os testes clínicos passaram a envolver voluntários com mais de 60 anos, que são o grupo mais suscetível aos sintomas graves da covid-19. De acordo com o Butantan, a expectativa é que os testes de eficácia da Coronavac sejam encerrados até o dia 15 de outubro.

Caso a vacina seja aprovada nessa última etapa dos testes, o Butantan pedirá a aprovação emergencial do imunizante à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária. A expectativa é de que o Estado de São Paulo inicie uma campanha de vacinação contra o Coronavírus na segunda quinzena de dezembro, imunizando inicialmente os profissionais de Saúde. 
 
Voltar

Veja a capa da edição:

Capa da Edição
Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919
Whatsapp  94861-1729



FAKE NEWS - FIQUE ATENTO!

Veja as duas últimas edições
Ed. 2934 Ed. 2935

É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2020 ©.