Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 58 anos de tradição.
 
IGP-M chega a 37,04% podendo trazer altos reajustes para os contratos de aluguel
 
Foto: AGZN
Com alta do IGP-M, valores dos contratos de
aluguel residencial
podem ter expressiva alta
O IGP-M (Índice Geral de Preços - Mercado) atinge 37,04%, seu maior percentual da série histórica, iniciada em 1994. Como um dos principais índices utilizados nos contratos de aluguel, esse pode ser o reajuste para os contratos em andamento, com aniversário em junho e correção pelo IGP-M. A recomendação dos especialistas é para que neste momento de crise econômica, os acordos devem prevalecer para evitar prejuízos maiores para inquilinos e proprietários. 

Adriano Sartori, vice-presidente de Gestão Patrimonial e Locação do Secovi-SP, reforça a recomendação aos proprietários e inquilinos para negociarem a aplicação – ou não – do reajuste. “Se o imóvel é ocupado por um bom inquilino, que sempre cumpriu em dia suas obrigações contratuais, o proprietário vai preferir negociar a ter seu imóvel vazio e arcar com os custos de manutenção como condomínio e IPTU. E, ainda, ter de buscar um novo inquilino”, afirma.  

Sartori destaca ainda que “boa parte dos locadores utilizam o valor do aluguel do imóvel como renda familiar ou complemento de aposentadoria. Por isso, nem sempre conseguem dispensar o reajuste ou mesmo dar desconto por um longo perío­do, pois também contam com o valor da locação. Portanto, é importante a negociação”, conclui.

Cálculo de reajuste

Mesmo com a alta nos últimos meses, o IGP-M ainda é um dos principais indicadores utilizado para reajuste do contrato de locação, por ser divulgado dentro do mês de referência. Caso a opção seja por aplicar o reajuste integral pelo IGP-M, o Secovi-SP divulga mensalmente o fator de atualização, que, no caso, é de 1,3704.

Por exemplo, para atualizar um aluguel de R$ 1.500,00 que vigorou até maio de 2021, realiza-se a multiplicação de R$ 1.500,00 por 1,3704, que resultará em R$ 2.055, 60, correspondente ao valor a ser pago no final do mês de junho ou início de julho de 2021. 

Confira os reajustes dos últimos meses

Contrato com aniversário em maio/2020 e pagamento em junho/2020: 1,0668
Contrato com aniversário em junho/2020 e pagamento em julho/2020: 1,0651
Contrato com aniversário em julho/2020 e pagamento em agosto/2020: 1,0731
Contrato com aniversário em agosto/2020 e pagamento em setembro/2020: 1,0927
Contrato com aniversário em setembro/2020 e pagamento em outubro/2020: 1,1302
Contrato com aniversário em outubro/2020 e pagamento em novembro/2020: 1,1794
Contrato com aniversário em novembro/2020 e pagamento em dezembro/2020: 1,2093
Contrato com aniversário em dezembro/2020 e pagamento em janeiro/2021: 1,2452
Contrato com aniversário em janeiro/2021 e pagamento em fevereiro/2021: 1,2314
Contrato com aniversário em fevereiro/2021 e pagamento em março/2021: 1,2571
Contrato com aniversário em março/2021 e pagamento em abril/2021: 1,2894
Contrato com aniversário em abril/2021 e pagamento em maio/2021: 1,3110
Contrato com aniversário em junho/2021 e pagamento em julho/2021: 1,3704

 
 Voltar

Veja a capa da edição:

Capa da Edição
Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919
Whatsapp  94861-1729


Ótica Voluntários

Veja as duas últimas edições
Ed. 2960 Ed. 2961

 

É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2021 ©.