LIGUE 180



Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 58 anos de tradição.
 
Programa Avança Saúde SP amplia oferta de
cirurgias eletivas e exames em Hospitais Dia (HDs) da Capital
 
Foto: Edson Lopes Jr./SECOM
A intenção é agilizar o tempo para a realização de
procedimentos
de baixa e média complexidade


Na última terça-feira (13), a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), anunciou a ampliação da oferta de exames e cirurgias eletivas contemplados no Programa Avança Saúde SP. 

Os procedimentos serão rea­lizados em 13 Hospitais Dia (HDs) da capital, que terão o horário de funcionamento estendido para atender à demanda. Cinco unidades passam a trabalhar 24 horas: São Miguel (Zona Leste), Vila Guilherme/Vila Maria (Norte), Butantã (Oeste), Ipiranga - Dr. Flávio Gianotti (Sudeste) e Cidade Ade­mar (Sul). Para que esses equipamentos passem a atender 24 horas, sete dias por semana, serão investidos pela gestão municipal R$ 4 milhões por mês, inclusive com a contratação de equipes e equipamentos com recursos tecnológicos. O anúncio foi feito no Hospital Dia São Miguel Paulista, Zona Leste da Capital.

Outras oito unidades, em vez do habitual horário das 7 às 19 horas, passam a funcionar das 7 às 22 horas, de segunda a sexta-feira, são elas: Itaim Paulista e São Mateus (Leste), Brasilândia/Freguesia do Ó (Norte), Penha, Mooca e Vila Prudente (Sudeste), além de Campo Limpo e M’Boi Mirim I (Sul). 

Os procedimentos de maior complexidade, que necessitem de internação, como casos de idosos ou pessoas com comorbidades, serão realizados nos hospitais 24 horas e os de pequeno e médio porte, nos outros HD’s. 

As avaliações clínicas pré-­operatórias dos pacientes têm início nesta quarta-feira (14), para que as cirurgias sejam realizadas a partir de 1º de agosto. Serão procedimentos diversos, como: cirurgias ge­rais, vasculares, ginecológicas, pe­diátricas, proctológicas e otor­rinolaringológicas. 

O objetivo é agilizar o tempo médio para a realização dessas cirurgias na cidade de São Paulo, além de exames como colonoscopia, endoscopia digestiva alta, de cabeça e pescoço, entre outros. Os exames também começam a ser realizados a partir de 1º de agosto, com equipamentos de ponta para qualificar ainda mais o atendimento. 

Na rede municipal de Saú­de, de janeiro a maio deste ano, mesmo com a pandemia de Covid-19, foram realizadas 318.862 consultas, 216.752 exames e 6.784 cirurgias eletivas.
 
 Voltar

Veja a capa da edição:

Capa da Edição

Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919
Whatsapp  94861-1729

 
Veja as duas últimas edições
Ed. 2973 Ed. 2974
 

É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2021 ©.