LIGUE 180



Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em 88 bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 58 anos de tradição.
 
Jaçanã comemora 151 anos com muita história, tradição e desenvolvimento
 
Foto: AGZN
Jaçanã comemora 151 anos como um dos bairros 
mais importantes da Zona Norte



Foto: AGZN
Um dos pontos mais movimentados do bairro é a confluência 
entre as avenidas Guapira e Luiz Stamatis



Foto: AGZN
Instalações do Hospital de Convalescência Dom Pedro II


Cantando em versos de Adoniram Barbosa, Jaçanã tornou-se um dos bairros mais conhecidos da Zona Norte. Nesta terça-feira (14), comemora 151 anos de história, repleta de curiosidades que fazem parte do desenvolvimento da cidade. Seus primeiros registros relatam à formação do Sítio Guapira, como era denominada sua área de abrangência ainda no tempo do Império. 

Ainda nessa época, vieram importantes hospitais que se tornaram ao longo do tempo, importantes referências em saúde pública na região. Um deles, é o antigo Asilo de Mendicidade Municipal, atual Hospital Ge­riátrico de Con­valescença D. Pedro II. Localizado na Avenida Guapira, 2.674, suas edificações têm um caráter histórico, uma vez que suas instalações foram projetadas por Ramos de Azevedo.

Outra instituição extremamente importante para toda a região é o Hospital São Luiz Gonzaga, localizado na Rua Mi­chel Ouchana, 94. Inicial­mente destinado ao tratamen­to da hanseníase, doença carregada de preconceito no pas­­sado, foi inicialmente chamado de Hospital dos Morféticos. Atualmente, é uma das instituições públicas de Saúde mais procuradas de toda a Zona Norte. 

A história do Jaçanã tem ainda outro importante capítulo que faz parte do desenvolvimento da dramaturgia brasileira. No período de 1949 a 1958, a Cinematográfica Maristela funcionou no Jaçanã. Grandes nomes como: Alberto Cavalcanti, Procópio Ferreira, Tônia Car­rero e Odete Lara, passaram por seus estúdios, marcando uma época para o cinema na­cional.

Porém, o principal impulso para o desenvolvimento da região foi a construção da Estrada de Ferro da Cantareira, em 1910. Inicialmente voltado para o transporte de material de construção, o famoso Tren­zinho da Cantareira fez história na Zona Norte e inspirou a música “Trem das Onze” de Adoniran Barbosa. 

De acordo com dados da Pre­feitura de São Paulo, Jaçanã abrange uma área de, aproximadamente 8,26km², com uma população estimada em mais de 94.609 mil habitantes. Sua densidade demográfica de 12.129 hab/km², o torna um bairro bastante populoso, o que intensifica desafios para a mobilidade urbana. 

Com muitos pontos de constantes congestionamentos e o sistema de transporte público muito procurado, Jaçanã também é um importante ponto de ligação entre a capital e Guarulhos. Outro grande desafio da região, é o transbordamento do Córrego Tremembé, em períodos de chuvas intensas. 
 
 Voltar

Veja a capa da edição:

Capa da Edição

Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919
Whatsapp  94861-1729

 
Veja as duas últimas edições
Ed. 2973 Ed. 2974
 

É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2021 ©.