LIGUE 180



Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em diversos bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 59 anos de tradição.
 
Proteja-se de golpes virtuais e saiba o que fazer ao ter seus dados roubados
 
Foto: Divulgação
Proteger seus dados é a melhor forma
 para não cair em golpes virtuais


Você já ouviu falar de phishing? É uma ameaça vir­tual que visa roubar dados pessoais (senhas, dados financeiros, bancários, nú­mero de cartão de crédito) de forma ilícita. Segundo  Serasa, essa forma de fraude tem crescido ultimamente, por meio de SMS, e-mail, ligações telefônicas, aplicativos como WhatsApp, Telegram, Face­book, Instagram e sites projetados especificamente para roubar dados pessoais.

O autor do phishing se passa por uma pessoa ou empresa confiável enviando mensagens enganosas. Ao clicar no link da mensagem, a pessoa pode ter seus dados roubados. Em outros casos, o fraudador envia boletos falsos ou até mesmo solicita pagamentos via Pix para receber de imediato.

Por enquanto ainda não há maneiras de impedir que tentativas de phishing cheguem a você, mas é possível identificá-las e, assim, não ser prejudicado por elas. Confira estas orientações do Serasa que vão ajudar você nessa identificação:

1) É muito importante verificar os sites que você acessa. Confira se o endereço do site (URL) está corretamente escrito (às vezes apenas uma letra é trocada para enganar) e se aparece a certificação de segurança no lado superior esquerdo da barra de navegação (aquele cadeado que fica no cantinho da tela).

2) Desconfie de e-mails que pedem atualização, validação ou confirmação de seus dados.

3) Mantenha um antivírus atualizado em seu dispositivo.

4) Não abra anexos nem clique em links de e-mails suspeitos ou de postagens de redes sociais, tais como Facebook, Instagram e WhatsApp.

5) Bloqueie qualquer perfil suspeito nas redes sociais.

6) Utilize a versão mais atua­lizada de seu navegador.

7) Tome cuidado ao informar seus dados pessoais para terceiros por redes sociais, e-mail ou telefone. Na dúvida não leve adiante uma conversa por telefone ou redes sociais.

Foi vítima de phishing? Então, junte todas as informações necessárias e procure a Delegacia de Polícia mais próxima ou registre um Boletim de Ocorrência Eletrônico pelo site da Delegacia Eletrônica de seu estado. Não deixe de fazer o B.O. ele é importante para que você não seja prejudicado, e para que esse tipo de crime seja combatido.

 
 Voltar

Veja a capa da edição:

Capa da Edição

Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919
Whatsapp  94861-1729
 
Veja as duas últimas edições
Ed. 3010 Ed. 3011
 

É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2022 ©.