VENDO SOBRADO COMERCIAL
Rua Banco das Palmas - Santana, 180m2 de área construída,
renda de R$ 6 mil mensal.
Documentação ok. R$ 900 mil.
Aceito contra proposta.

Tratar c/ sr. Moura: 99886-9162


Assai



Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544 / Whatsapp: 94861-1729. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuídos semanalmente às sextas-feiras nos principais bairros da Zona Norte de São Paulo. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 61 anos de tradição.
 
Quatro em cada 10 brasileiros já sofreram golpes financeiros:
saiba como se prevenir
 
Foto: Divulgação/Freepik
Segundo pesquisas, 42% dos brasileiros já foram
vítimas
de fraudes financeiras, o que corresponde
a quatro
em cada dez pessoas


Na metade de 2024, a Serasa Experian revelou dados alarmantes em seu “Relatório de Identidade Digital e Fraude 2024”. Segundo o levantamento, 42% dos brasileiros já foram vítimas de fraudes financeiras, o que corresponde a quatro em cada dez pessoas. Considerando o salário mínimo atual de R$ 1.412, a pesquisa indicou que 57% das vítimas perderam em média R$ 2.288, cerca de um mês e meio de trabalho para quem ganha o salário mínimo.

Além disso, a Serasa Experian apontou que, até maio de 2024, o Brasil contava com 72,54 milhões de pessoas negativadas. Com esse cenário preocupante, especialistas compartilham dicas importantes para evitar golpes e fraudes financeiras. O advogado Thacísio A. Rio, especialista em direito do consumidor, e Jaqueline Coelho, coordenadora de Compliance da Card, empresa especialista em maquininhas de cartões, destacam medidas preventivas essenciais.

Documente todas as provas da fraude

Para quem já foi vítima de fraudes com máquinas de cartão de crédito, é vital garantir os direitos assegurados. “Primeiramente, o consumidor deve contatar imediatamente a instituição financeira emissora do cartão para relatar a fraude e solicitar o bloqueio do cartão”, orienta Thacísio A. Rio. Ele ressalta que o consumidor tem o direito de contestar transações fraudulentas, e a operadora do cartão deve investigar e, se confirmada a fraude, estornar os valores cobrados indevidamente.

O advogado também destaca a responsabilidade dos estabelecimentos comerciais que possuem máquinas de cartão. “Eles devem garantir que seus equipamentos estejam em conformidade com as normas de segurança. Em caso de falha, podem ser responsabilizados por danos ao consumidor.

É importante que o consumidor documente todas as etapas do processo, mantendo registros de comunicações e relatórios de fraude para possíveis ações judiciais, se necessário”, explica Rio.

Ações para evitar fraudes com seu cartão

O pagamento por aproximação tornou-se uma opção rápida e prática, mas também traz riscos. “Até um celular pode virar ‘maquininha’, então todo cuidado é pouco. O uso de ‘protetores Rfid’ (capinha que envolve o cartão dentro da bolsa) pode evitar maiores problemas em cartões habilitados para pagamento por aproximação”, recomenda Jaqueline Coelho.

Esses protetores impedem a passagem de ondas eletromagnéticas, evitando débitos não autorizados. Se ainda houver insegurança, desabilitar essa função por aproximação pelo aplicativo do banco é uma alternativa segura.

Desconfie de ligações e mensagens suspeitas

Desconfie de ligações supostamente do banco do seu cartão de crédito ou conta salário. “Nunca passe dados pessoais ou bancários por telefone. Ligue diretamente para seu banco ou gerente para confirmar a veracidade da ligação. Se o atendente pedir para continuar a conversa pelo WhatsApp, desconfie ainda mais”, alerta Jaqueline.

Ela também destaca a importância de estar atento aos SMS do tipo phishing. “Fraudadores enviam mensagens se passando por bancos, informando sobre compras suspeitas e pedindo confirmação via link. Ao clicar, um malware pode ser instalado no celular, acessando todas as suas informações”, explica.

Acompanhe sua fatura e extrato bancário

Jaqueline aconselha ainda criar o hábito de verificar diariamente o extrato do cartão de débito ou crédito. “Certifique-se de que todas as compras foram feitas por você. Caso suspeite de uma transação, acione a bandeira do cartão em até 90 dias para contestá-la. Identificando uma compra não realizada, bloqueie o cartão imediatamente”, recomenda.

Com essas orientações, os consumidores podem se proteger melhor contra golpes financeiros, minimizando riscos e prejuízos.

 
 Voltar

Veja a capa da edição:

Capa da Edição

Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 /  Whatsapp 94861-1729
 
Veja as duas últimas edições
Ed. 3112 Ed. 3113
 

 
VENDO APTO SANTANA
R$ 480 MIL - R. ALFREDO PUJOL PRÓX. METRÔ -
3 ds, c/ arm. embut, 2 banhs. sendo 1 ste, sl. 2 amb, cz. c/ arm, d.e, lav, lazer, pisc c/ sauna, churr, sl. fest, 1 gar, acad., playground, VAGO. ÁÚ 125m2, IPTU 2024 quitado. Ac. prop. Doc. ok.
F: 99886-9162 sr. Moura

É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2024 ©.