VENDO SOBRADO COMERCIAL
Rua Banco das Palmas - Santana, 180m2 de área construída,
renda de R$ 6 mil mensal.
Documentação ok. R$ 900 mil.
Aceito contra proposta.

Tratar c/ sr. Moura: 99886-9162


Assai



Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544 / Whatsapp: 94861-1729. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuídos semanalmente às sextas-feiras nos principais bairros da Zona Norte de São Paulo. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 61 anos de tradição.
 
Revolução Constitucionalista de 1932: uma luta dos
paulistas por Democracia e Justiça na Era Vargas
 
Foto: Divulgação
A Revolução de 1932 foi contra o governo ditatorial
de Getúlio Vargas e muitos soldados que lutaram
na época estão enterrados no Obelisco




A Revolução Constitucionalista de 1932 foi um movimento armado que ocorreu no Brasil, especificamente, no Estado de São Paulo, entre julho e outubro daquele ano.

Os paulistas, insatisfeitos com o governo provisório de Getúlio Vargas e a falta de uma Constituição, iniciaram a revolta exigindo um regime democrático e a convocação de uma Assembleia Constituinte. 

A insatisfação popular aumentou, após Vargas nomear interventores federais, de fora do estado, desconsiderando lideranças locais. 

A revolução, liderada por figuras como Pedro de To­ledo e Ibrahim Nobre, mobilizou milhares de civis e militares. O movimento ainda foi impulsionado pelo sacrifício de quatro jovens - Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo - cujas iniciais formaram a sigla MMDC, que se tornou um símbolo de resistência e luta pela causa constitucionalista.

Apesar de bem organizada, a rebelião enfrentou a força das tropas federais e acabou sendo derrotada em outubro de 1932. 
Mesmo com a derrota militar, o movimento deixou um legado significativo: acelerou o processo de redemocratização do país, resultando na promulgação da nova Constituição em 1934.

9 de Julho: é feriado estadual em São Paulo

O dia 9 de julho, data do início do conflito, é comemorado como feriado estadual em São Paulo. Instituído em 1997, o feriado homenageia os heróis da revolução e mantém viva a memória da luta pela justiça e democracia. O feriado simboliza o espírito combativo e a determinação do povo paulista em buscar um país mais justo e democrático.

 
 Voltar

Veja a capa da edição:

Capa da Edição

Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 /  Whatsapp 94861-1729
 
Veja as duas últimas edições
Ed. 3112 Ed. 3113
 

 
VENDO APTO SANTANA
R$ 480 MIL - R. ALFREDO PUJOL PRÓX. METRÔ -
3 ds, c/ arm. embut, 2 banhs. sendo 1 ste, sl. 2 amb, cz. c/ arm, d.e, lav, lazer, pisc c/ sauna, churr, sl. fest, 1 gar, acad., playground, VAGO. ÁÚ 125m2, IPTU 2024 quitado. Ac. prop. Doc. ok.
F: 99886-9162 sr. Moura

É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2024 ©.