LIGUE 180



Atualizado semanalmente

Pesquisa

Pesquisa
Anuncie: 2977-6544. O mais eficiente veículo de divulgação. Distribuído e lido em diversos bairros da Zona Norte para um público de 500 mil leitores com circulação às sextas-feiras. Distribuição gratuita em bancas, prédios comerciais e residenciais, condomínios, clubes, imobiliárias, padarias e shoppings. 59 anos de tradição.
 
O que foi notícia na semana
 
Milton Ribeiro - Foto: MEC
O ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, foi preso na Polícia Federal na última quarta-feira (22), durante a operação chamada Acesso Pago, que investiga tráfico de influência e desvio de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Ribeiro teve sua prisão determinada pela Justiça devido ao suposto envolvimento num esquema de corrupção no MEC. Ele é investigado por suspeita de corrupção passiva; prevaricação, advocacia administrativa e tráfico de influência. Na última quinta-feira (23), o TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região) ordenou a soltura do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro e os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura.

Na última segunda-feira (2), a procuradora-geral do município de Registro, Gabriela Samadello Monteiro de Barros (39 anos), foi agredida fisicamente pelo colega Demétrius Oliveira Macedo, de 34 anos. Ele desferiu socos e chutou a colega. A agressão teria sido motivada pela abertura de um processo administrativo contra o procurador por conta de sua postura agressiva com outras pessoas no ambiente de trabalho. Um Boletim de Ocorrência sobre o caso foi registrado no 1º Distrito Policial (DP) do município e, na ocasião, o agressor foi liberado. Na última quinta-feira (23), o governador Rodrigo Garcia anunciou a prisão de Macedo em uma clínica na grande São Paulo.

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou na última terça-feira (21) o reajuste de 63,7%, no valor da bandeira de patamar vermelho 1. O patamar vermelho 2 aumentará 3,2%. Já a bandeira amarela vai subir 59,5%, enquanto a verde seguirá sem cobrança. Os valores entram em vigor em 1º de julho e permanecem até meados do próximo ano. 

A polícia prendeu na última quinta-feira (23), em São Paulo, o quarto suspeito pela morte de Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, no Amazonas. O suspeito identificado como Gabriel Pereira Dantas, teria fugido inicialmente para Roraima e, em seguida, para São Paulo. As mortes foram confirmadas no último dia 15, quando o suspeito Amarildo da Costa, conhecido como “Pelado” confessou o crime. Os demais presos por envolvimento no crime são:  Oseney da Costa e Jeferson da Silva Lima. A polícia acredita que os assassinos agiram sozinhos e que não há mandantes.
 
 Voltar
 

Veja a capa da edição:

Capa da Edição

Edição da semana

Para anunciar ligue:
2977-6544 / 2950-7919
Whatsapp  94861-1729
 
Veja as duas últimas edições
Ed. 3010 Ed. 3011
 

É proibida a reprodução ou cópia de fotos, matérias, anúncios ou páginas sem a devida autorização.

   2002-2022 ©.